Costume de Americano

Já estou morando aqui nos EUA há 5 meses e sempre digo que falar inglês o tempo todo não foi o meu maior desafio aqui, a coisa mais tensa é se acostumar com os costumes e cultura da maioria das pessoas ao seu redor. Separei uma lista de “Costumes Americanos” para vocês terem ideia do que é viver nos EUA nos mínimos detalhes.

** Os costumes desse post foram tirados da minha própria vivência nos EUA, sugestões de amigas e de algumas outras au pairs que participam de um grupo enorme no Facebook! =)

costume-de-americano-manias

– Tip: Em qualquer lugar que você vá, pagando no débito ou dinheiro, você precisa dar uma gorjeta para o sujeito que te atendeu. A tip vai de 10% do valor para um serviço “bom” até 20% se o serviço de quem te atendeu foi “ótimo”. Eu fico um pouco brava de ter que dar tip em tudo, porque você nunca paga o preço da etiqueta do produto, sempre tem a taxa, e além da taxa, a tip. Então se seu almoço custa $5 dólares no Menu, com a taxa ele vai pra $5.75 (mais ou menos) e mais a gorjeta, você acaba pagando $7,00 no almoço. $2 a mais que você nem estava esperando quando viu o preço no Menu. Porém, entendo que os salários para a galera que trabalha e recebe tip são super baixos, então a gorjeta os ajudam a aumentar suas rendas mensais!

– Não usam faca: Só garfo ou as mãos. Sim, como a maioria das comidas são fast food ou finger food o povo aqui usa muito as mãos para comer. Quando é algo como por exemplo, macarrão, arroz, aí usam o garfo. Garfo pra espetar, pra cortar, pra tudo! Nada de faca.

– Não dão banho nas crianças todo dia: Não mesmo. Nojento né, eu sei! Aqui em casa minha host da banho todo dia na menina de 4 anos e um dia sim e um dia não no bebê de 6 meses. Mas pelo que a maioria das minhas amigas me contam, e pelo que eu leio nos grupo de au pair no Facebook, o comum mesmo, e normal pra eles, é banho só uma vez por semana. Haja perfume!

– Não cumprimentam com beijo: Nem com abraço e às vezes, raramente, aperto de mão. A não ser que seja algo formal, mas tipo se for vizinho, conhecido ou qualquer outra pessoa é só um oizinho abanando a mão!  Muito difícil americano abraçar você, dar beijinho na bochecha então, nem se fala!

– Cantinho da Bagunça: Toda casa, todo andar, todo corredor tem um cantinho da bagunça. As casas americanas tem portas para armários ou mini closets em todo canto. Aqui em casa por exemplo, a casa tem três andares e sete closets para colocar bagunça. Insano! E só eles mesmo se acham dentro dos armários.

– Tudo bem? Como você está hoje ? Como vai indo? Essas três perguntas você irá escutar pelo menos 20x por dia aqui nos EUA. Isso quando não perguntam as três de uma vez só, uma atrás da outra. O povo é bem simpático no mercado, farmácia, e sempre vão querer saber como você está. A resposta claro é sempre positiva, mesmo que seu dia esteja sendo uma bosta. Queria brincar um dia e responder que eu tô mal pra caramba, aí queria ver o povo continuar perguntando isso o tempo todo!

– Arrotar e peidar e só falar “Excuse me“. Aham, bem assim. É na mesa de jantar, assistindo tv, dirigindo, qualquer hora o povo peida ou arrota e só fala “oh, excuse me“. Excuse me nada meu filho, isso é feio demais! Quando as pessoas fazem isso na minha frente eu disfarço, finjo que não ouvi, que não tava prestando atenção, whatever. Morro de vergonha alheia!

– Estranham suco no almoço e cookie no café, mas tomam leite no jantar. Essa frase resume tudo, o povo acha engraçado colocar ketchup na pizza, tomar suco no almoço, comer biscoito ou bolo no café da manhã… mas eles tomam leite com a comida. Leite com o almoço, leite com o jantar, é leite toda hora! Me da um embrulho no estômago só de ver meu host comendo macarrão com molho vermelho e tomando um copão de leite atrás. Eca!

– Pijama no mercado. Quando não é pijama, é moletom. Mas eu assumo, me rendi totalmente ao moletom, é mega confortável! Vivo de calça de moletom por aí, e jamais teria coragem de usar isso pra ir na vendinha perto da minha casa no Brasil, mas ok. E sim, pijama no mercado é super comum. O povo aqui coloca tênis e vai comprar o almoço de domingo no mercado usando pijama.. e melhor, ninguém fala nada!

“Sorry” pra tudo! Acho que pior que ficar perguntando mil vezes “Como vai você” é ficar pedindo sorry. A pessoa passou a 2m de você e ela fala “oh sorry”. Encostou no seu carrinho do supermercado, “sorry”. Quer atravessar a rua com você “sorry“. Qualquer coisa o povo fala sorry e você fica com aquela cara de “oh meu Deus, tá tudo bem, não precisa pedir sorry não“. Mas, isso é legal também pois mostra a educação do povo! No ônibus, show, fila, qualquer lugar cheio de gente, mesmo se estiver lotado, você não fica esmagada porque ninguém curte ficar muito próximo do outro, e se fica, fala “I’m so sorry“.

– Sem sapatos em casa. Se você foi convidado para uma festa na casa de alguém, por favor não esquece de tirar o sapato pra entrar! Aqui ninguém usa sapato dentro de casa, só os “slippers” que é como uma pantufa, ou meia. Na minha casa é mega proibido colocar os sapatos, mesmo se você está se arrumando pra sair. Leva os sapatos na mão e coloca da porta pra fora! Engraçado, eles tem nojo das bacterias dos sapatos, mas não dão banho todo dia nas crianças. hehehe

– Almoço é lanchinho. Nada de arroz + batata + carne + feijão + macarrão + salada + suco tang. Aqui o povo come sanduíche com pasta amendoim, tomam leite no almoço e ainda diz que isso foi um super almoço. Ou então, salada, burrito, hamburguer, mas nada de sentar e almoçar, é cada um por si. A hora de reunir a família é só a noite no jantar!

Ufa! post ficou imenso, falei demais mas é super isso aí! A gente reclama no Brasil mas vai vendo neguin, se acostumar com outra cultura e costumes é bizarro!

Beijos

Comments

comments