Diferenças entre praia americana e brasileira

Hoje estamos em Rocky Neck State Park! Fica em East Lyme em Connecticut, e foi nomeado parque em 1931. Oferece local para picnics, pesca em água salgada e a praia.

foto 3

foto 5

Ir à praia em estados como CT é bem diferente. Apesar dessa àrea entre Old Lyme e Niantic(na costa leste) ser point de pessoas mais jovens; as diferenças entre Brasil e EUA são gritantes. Sabe aquela cervejinha gelada que você traz no cooler e coloca ali na areia? Aqui não pode não. Beber em público aqui é proibido, sendo considerados locais públicos: praias, ruas, estradas ou dentro do carro (mesmo se você for só o carona!). (In)felizmente aqui não tem jeitinho brasileiro de resolver as coisas não: os policiais fiscalizam os coolers na praia e te pedirão para despejar na areia toda bebiba alcoólica que você tiver, na frente deles.

Ah, falou em calor e verão (que está começando para nós), já dá vontade de sair para arrumar a mochila e correr para praia. Não pode faltar protetor solar, chinelo, aquele guarda sol e o bíquini deuso né?! Cuidado! Aqui fio dental só se usa entre 4 paredes. São pouquíssimas as mulheres que usam o famoso “cortininha” ou aquele biquíni cavadinho, e se estiverem usando pode apostar que é da América do Sul. Chato né mas, nós temos famas de sermos indecentes para os cidadães norte americanos.

Modelo brasileiro x Victoria Secrets

foto 1

Música na praia? Na na ni na não. Não pode e ninguém quer! Se você colocar uma musiquinha pode ser que te expulsem. Essa área do país tem várias comunidades brasileiras e é em muitos locais dominada por hispânicos, ainda sim prevalecem os costumes norte americanos. A praia é um completo silêncio.

foto 4

foto

A praia conta com uma área para acampar muito legal porém abre 8 da manhã e fecha 8 da noite. Do outro lado do parque, sem a praia você pode passar a noite acampando e só paga o estacionamento, que custa U$7 dólares. Vale muito a pena pois o local é lindo! E apesar das diferenças, viajar é aprender e vivenciar uma nova cultura, talvez eu até compre um biquíni mais comportado para me sentir parte do lugar.

Até a próxima!

Comments

comments