Aeroportos são os lugares mais emocionantes que você pode encontrar na face da terra. Tem gente chegando, gente recebendo, gente saindo e gente deixando que vá. Tem lágrimas de felicidade, lágrimas pela saudade que bate forte no peito e lágrimas pelo medo do que tem por vir. Afinal, quem sabe o que temos pela frente? Ansiedade? Descubra que essa era uma palavra até então desconhecida antes de entrar nesse universo de chegadas e partidas. Faça as malas ansiando para ir e já ansiando para voltar. É contraditório, mas a saudade pode aparecer mesmo antes de sequer se despedir. Além disso, depois dessa enxurrada de emoções, entre chegadas e partidas, quem embarca ainda tem mais um turbilhão pela frente. Decolar e…

Ler Mais

Quando terminamos o ensino médio, saímos pensando no vestibular. Na faculdade. No futuro emprego. Em todas as responsabilidades que iremos assumir e o que nossas ações implicarão no futuro. Mas, quando saí do ensino médio me deparei com dois sentimentos: um foi a falta de vontade de decidir o que eu queria ser e fazer com 18 anos; e o outro foi essa sensação de querer algo mais. Algo além do certinho, do esperado, do normal, do “de sempre”. Queria ir além. E ainda quero. Para quem, assim como eu, quer se aventurar um pouquinho, que tal o intercâmbio? Antes de escolher o destino se atenha aos preços agregados a eles, os intercâmbios mais baratos são para: Dublin – Irlanda…

Ler Mais

Se a Avenida Paulista é a Times Square brasileira, o Museu do Ipiranga é Versailles! Não tem como não se derreter com aquele jardim verdinho simétrico, a água saltitando pelo chafariz e uma construção monstruosamente bonita. Era uma tarde de domingo fria, em que o sol fez o favor de brilhar, quando fui conhecer o lugar. O museu faz parte do Parque do Ipiranga, onde temos também o lindíssimo Monumento à Independência e uma feira de rua muito gracinha. O lugar é lotado de famílias fazendo piqueniques e crianças correndo de um lado para outro. Lá estão expostas obras e objetos dos mais diversos gêneros, cujo possuem algum laço com a história do Brasil e de São Paulo. Foi inaugurado…

Ler Mais

Olivier Teboul, um francês charmosinho que mora em Belo Horizonte a um ano e meio, escreveu 65 observações que percebeu sobre o Brasil em seu blog. É engraçado ler, e também rir, com as mais variadas coisinhas que vivemos e nem nos damos conta de que podem não ser comuns em outras culturas. Separei algumas sobre as quais eu nunca havia necessariamente refletido. Será que vocês concordam comigo? – Aqui no Brasil, os chineses são japoneses. – Aqui no Brasil, é comum e conhecer alguém, bater um papo, falar “a gente se vê, vamos combinar, tá?”, e nem trocar telefone. – Aqui no Brasil, não se assuste se estiver convidado para uma festa de aniversário de dois anos de uma…

Ler Mais

Fiquei em dúvida no momento de nomear este post… Seria melhor “sobre a distância” ou “sobre a saudade”? Na verdade, eu nem sei definir o sentimento que tenho para poder nomeá-lo. Talvez porque sua nomenclatura ainda não exista ou outro motivo qualquer que o destino resolveu aprontar. Deixar o ninho, admito, já é um passo grande demais. Morar longe de casa então, ainda maior. Mas, foi minha escolha e a de tantos outros garotos e garotas com quem acabei esbarrando por aqui. Alguns gostam, alguns desgostam e muitos apenas convivem com esta eterna sensação. E preenchemos nossas cabeças com a sentença de que fomos nós quem fizemos esta escolha e um dia será recompensada. Já está sendo na verdade! A…

Ler Mais